Lançado o Relatório da edição de 2018 do Fórum Social Mundial

Material apresenta a construção e balanços da edição mundial ocorrida em Salvador (BA).

0

     O Fórum Social Mundial 2018, realizado entre 13 e 17 de março, em Salvador, Bahia, Brasil, impactou a cidade pela agenda política, social e cultural trazida pelas organizações e pela grande participação e movimentação. Foram cinco dias intensos, 19 eixos temáticos, 100 caravanas, 1,2 mil voluntários(as), 2,1 mil atividades, 6 mil organizações e movimentos da sociedade civil e 80 mil pessoas, que fizeram da 13ª edição do Fórum Social Mundial um espaço de troca de experiências, debates, protestos, encontros e reencontros.

 

     O Grupo Sistematizador do Coletivo Brasileiro do FSM 2018 – composto pela Vida Brasil/Abong (Damien Hazard); Instituto Paulo Freire/CEAAL (Sheila Ceccon) e Ciranda Comunicação Compartilhada (Rita Freire e Carlos Tibúrcio) – reuniu documentos, registros de atividades, artigos e notas, além de fazer consultas às organizações e movimentos envolvidos diretamente na construção do evento de Salvador, contando com o especial apoio da Fundação Perseu Abramo e da Coordenadoria Ecumênica de Serviços (CESE), na viabilização do trabalho.

 

     O relatório foi elaborado com o propósito de prestar contas à sociedade e às organizações que integram o processo FSM em relação à missão confiada pelo Conselho Internacional – ao decidir que a realização da edição mundial 2018 seria em Salvador. E, particularmente, ao Grupo Facilitador brasileiro, que assumiu a sua concretização. Igualmente importante é oferecer ao processo FSM um histórico dessa construção, contribuindo com elementos que sirvam a um ferramental metodológico, subsidiem reflexões críticas sobre o processo, expectativas e relevância e a uma contextualização do evento na caminhada do FSM.

 

    Clique aqui e baixe o Relatório FSM 2018.