Nossa mensagem de fim de ano

Confira os votos da equipe do Instituto Paulo Freire.

0

CartãoBoasFestas site0

0

 

     Perguntas. Muitas perguntas. Incertezas e, muitas vezes, perplexidade. Os tempos atuais desafiam a felicidade, a esperança, o sonho, o projeto, mas nossos referenciais não nos deixam esmorecer.Perguntas. Muitas perguntas. Incertezas e, muitas vezes, perplexidade. Os tempos atuais desafiam a felicidade, a esperança, o sonho, o projeto, mas nossos referenciais não nos deixam esmorecer.

 

     Nesse fim de 2017 e início de 2018, oferecemos a força, a persistência, o compromisso, a amorosidade, o diálogo, a esperança que recebemos de Milton Santos, Nise da Silveira, Nelson Mandela, Florestan Fernandes, Cora Coralina, Carolina de Jesus, Chico Mendes, Paulo Freire e de tantos outros que vieram antes de nós e nos deixaram como legado a clareza de que o mundo com o qual sonhamos será construído com sonhos e com luta.

 

     Continuamos entoando a canção cujos versos traduzem nossos desejos a cada um de vocês: "Quero a utopia, quero tudo e mais; Quero a felicidade nos olhos de um pai; Quero a alegria muita gente feliz; Quero que a justiça reine em meu país". 

 

     Que em 2018 tenhamos razões para muitas alegrias de gente feliz que vive a justiça, os direitos humanos, o bem comum, a vida digna para todos(as).

 

Instituto Paulo Freire